- Books

Granta Portugal 2: Poder

Granta Portugal Poder O querer e o poder se divididos s o nada juntos e unidos s o tudo O querer sem o poder fraco o poder sem o querer ocioso e deste modo divididos s o nada Pelo contr rio o querer com o poder efica

  • Title: Granta Portugal 2: Poder
  • Author: Carlos Vaz Marques José Eduardo Agualusa Salman Rushdie Luísa Costa Gomes José Gardeazabal Hélia Correia Raquel Ribeiro James Fenton
  • ISBN: 9789896711931
  • Page: 107
  • Format: Paperback
  • O querer, e o poder, se divididos s o nada, juntos, e unidos s o tudo O querer sem o poder fraco, o poder sem o querer ocioso, e deste modo divididos s o nada Pelo contr rio o querer com o poder eficaz, o poder com o querer activo, e deste modo juntos, e unidos s o tudo Padre Ant nio Vieira

    Granta Portugal Poder by Carlos Vaz Marques Uma lio no mundo da literatura que eu aprendi Uma aprendizagem que tenho vindo a vincar mais e mais Neste conjunto de texto da Granta Portugal Poder, destaco em primeiro lugar o texto maravilhoso do indiano Salmah Rushdie, Mas j nada Sagrado , que um hino, por assim dizer, literatura. GRANTA tintadachina A nova Granta d continuidade a um novo projecto a GRANTA EM LNGUA PORTUGUESA, com publicao simultnea em Portugal e no Brasil Alargar uma revista literria ao espao lusfono significa aceder a um imenso manancial de novos autores, desencadeando uma troca intercontinental. Granta Portugal Eu by Carlos Vaz Marques Granta Portugal has ratings and reviews Teresa said O primeiro nmero da revista Granta, cujo tema a primeira pessoa do singular, engloba v GrantaPortugal GrantaPortugal Twitter A Granta atravessou fronteiras, como sabemos, e a partir de passa a ter um director em Portugal e um director no Brasil Pedro Mexia e Gustavo Pacheco. Interview Granta Portugal Granta Magazine Today marks the launch of Granta Portugal, with its first issue, themed Me , released just in time for the Lisbon Book Fair Editor Carlos Vaz Marques spoke to online editor Ted Hodgkinson about why they have decided to keep most its contents a secret, his three favourite novels about Lisbon Granta Portugal V.A deusmelivro Granta Portugal V.A Por Pedro Miguel Silva Em Revoluo morta, revoluo posta o que apetece dizer desde logo sobre o nmero da Granta Portugal , com contos a gravitar em torno do tema das Revolues Tinta da China , , e que tambm o ltimo nmero da edio portuguesa. Granta Portugal Series LibraryThing Granta Portugal only Please do not combine with the English volumes content does not match Series How do series work To create a series or add a work to it, go to a work page The Common Knowledge section now includes a Series field Enter the name of the series to add the book to it. Events Archive Granta Design Events Calendar, including Granta training, Granta web events, conferences, and seminars Granta Official Site Granta is a literary magazine founded in Read the best new fiction, poetry, photography, and essays by famous authors, Nobel winners and new voices Granta is a literary magazine founded in Read the best new fiction, poetry, photography, and essays by famous authors, Nobel winners and new voices. H SEMPRE UM LIVRO nossa espera GRANTA Portugal n Nov , H SEMPRE UM LIVRO nossa espera Blog sobre todos os livros que eu conseguir ler Aqui, podem procurar um livro, ler a minha opinio ou, se quiserem, deixar apenas a vossa opinio sobre algum destes livros que j tenham lido.

    • [PDF] Download À Granta Portugal 2: Poder | by ↠ Carlos Vaz Marques José Eduardo Agualusa Salman Rushdie Luísa Costa Gomes José Gardeazabal Hélia Correia Raquel Ribeiro James Fenton
      107 Carlos Vaz Marques José Eduardo Agualusa Salman Rushdie Luísa Costa Gomes José Gardeazabal Hélia Correia Raquel Ribeiro James Fenton
    • thumbnail Title: [PDF] Download À Granta Portugal 2: Poder | by ↠ Carlos Vaz Marques José Eduardo Agualusa Salman Rushdie Luísa Costa Gomes José Gardeazabal Hélia Correia Raquel Ribeiro James Fenton
      Posted by:Carlos Vaz Marques José Eduardo Agualusa Salman Rushdie Luísa Costa Gomes José Gardeazabal Hélia Correia Raquel Ribeiro James Fenton
      Published :2018-09-01T16:18:14+00:00

    1 thought on “Granta Portugal 2: Poder

    1. O segundo número da revista Granta está subordinado ao tema: O Poder.Por cerca de trezentas páginas, estão distribuídos textos de vários autores - mais ou menos conhecidos - e um ensaio fotográfico.Todos os textos me aborreceram e nem sequer um consegui ler em condições. As fotos, de uma manifestação e respectivos actos de vandalismo, dispensava vê-las; não acho bonito ver gente a sangrar, a roubar, a destruir,(afinal, também, por isso deixei de ver televisão.)Resumindo: gostei mu [...]

    2. Há textos melhores que outros, sem dúvida. E aqueles pelos quais eu salivei mesmo antes de os ler, foram os que menos entusiasmo me ofereceram. Uma lição no mundo da literatura que eu aprendi. Uma aprendizagem que tenho vindo a vincar mais e mais. Neste conjunto de texto da Granta Portugal 2: Poder, destaco em primeiro lugar o texto maravilhoso do indiano Salmah Rushdie, "Mas já nada é Sagrado?", que é um hino, por assim dizer, à literatura. Um texto em forma de ensaio que nos leva por d [...]

    3. Hesito em considerar este segundo número da Granta lusa melhor do que o primeiro. Talvez sim. Acho-o sem dúvida mais equilibrado, por isso talvez seja efectivamente melhor. Pontos altos: Hélia Correia, James Fenton e Martha Gelhorn. Confirmaram, em muito bom nível: Esteves Cardoso e Ishiguro. Decepção maior: Agualusa (que raio é aquilo?). Não gostei (mas há aqui marosca, porque abomino a Senhora): Luísa Costa Gomes. Gostei ainda de ler o texto do Rushdie, que aparece mencionado na sua [...]

    4. O nível mantém-se, em relação ao primeiro número, sobretudo por causa do artigo com correspondência inédita trocada entre Jorge de Sena e Carlos Drummond de Andrade. Entre os artigos de autores estrangeiros (4 em 12, descontando a introdução, a correspondência JS-CDA e o ensaio fotográfico de João Pina), o meu preferido foi o de Kazuo Ishiguro, sob a forma de uma memória de infância. Quanto aos originais em língua portuguesa, destaque para os textos escritos no feminino: Luísa Co [...]

    5. O texto de Martha Gelhorn vale o preço da revista. Também gostei de Ishiguro. O resto passou-me ao lado.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *